SIM OU NÃO?

Os prós e contras de dar
leite de vaca às suas bezerras

Leite de vaca: não para bezerras

Você pode dar o leite dos três primeiros dias após o nascimento às bezerras sem nenhum problema? Qual é grau de adequação deste leite para a criação de bezerras? Quais são os benefícios ou desvantagens? E que tipo de riscos você corre?

O Sprayfo apresenta uma série de fatos importantes sobre a alimentação com leite de vaca. Quando dar e não dar leite de vaca?

O leite de vaca não é a melhor opção para o crescimento e desenvolvimento das suas bezerras (vide tabela abaixo com as necessidades dos animais). No entanto, é perfeitamente compreensível que você considere esta opção. Afinal de contas, nos primeiros três dias após o nascimento você tem um excedente de colostro ou 'leite colostro' que não pode fornecer às fábricas de lacticínios.

Se você der o leite de vaca, certifique-se de que só utiliza o leite animais saudáveis. Não dê leite com penicilina às suas bezerras, mesmo se a dose de antibióticos aparentemente for muito pequena. Dar baixas concentrações de antibióticos às bezerras durante um longo período de tempo acelera o desenvolvimento da resistência quando as novilhas forem alimentadas com leite. Isto é indesejável e pode ser facilmente prevenido.

Para quais bezerras e por quanto tempo?

O 'leite colostro' desde o primeiro dia, naturalmente, para bezerras recém-nascidas. Se a fazenda de gado leiteiro apresentar uma situação adequada de doenças, pode passar a dar o colostro de vaca misturado após 1 a 1,5 dias. As bezerras são alimentadas com 6 a 8 litros de 'leite colostro' por dia durante os três primeiros dias. As bezerras recebem o mesmo volume, mas, nesse caso, até que saiam da fazenda aos 14 dias de idade.

Riscos de transmissão de doenças

A transmissão de doenças da vaca para a bezerra é um assunto de interesse crescente para as fábricas de processamento de leite e Serviço de Saúde Animal. Dar o leite de vaca às bezerras é um fator de risco a esse respeito. O risco de transmissão de paratuberculose através do leite de vaca é bem conhecido. Mas existem outras doenças e vírus que podem ser transmitidos via leite de vaca. Você pode ler mais sobre isso no artigo 'Evite a propagação de doenças utilizando o leite de vaca'.

Riscos de temperatura e higiene

Dar o leite de vaca para as bezerras exige muito cuidado e atenção. O leite frequentemente está frio demais quando vem diretamente da sala de ordenha. Se ele não for devidamente aquecido, pode provocar diarreia alimentar. O leite de vaca contamina-se muito rapidamente. Por isso, é aconselhável dá-lo logo após a ordenha. O leite é um meio propenso para o rápido crescimento de bactérias, e consequentemente a bezerra corre o risco de contrair diarreia infecciosa.

A constituição do leite de vaca não é suficiente para as necessidades de uma bezerra

Devido a alterações nas proporções e concentração na produção de leite, a composição do leite de vaca mudou nas últimas décadas. O teor de gordura aumentou e, por causa da alta produção de leite, o teor de vitaminas e oligoelementos diminuiu muito. O resultado é que o leite de vaca não é mais suficiente para suprir as necessidades de longo prazo das bezerras. Os elementos nutricionais indicados em vermelho abaixo não atendem os requisitos. O excesso de gordura muitas vezes causa diarreia. As deficiências em vitaminas e oligoelementos resultam na queda do funcionamento do sistema imunológico e piora da digestão.

Isto é diferente com o colostro. O colostro tem uma composição
diferente, que atende plenamente as necessidades específicas da bezerra nos
primeiros dias da sua vida. Mudar para o Sprayfo após três dias de alimentação
com colostro atende perfeitamente os requisitos de vitaminas e oligoelementos
das bezerras. O Sprayfo Vimix pode sempre ser dado como um suplemento por
alguns dias.