Alimentação eficaz após o colostro

A bezerra precisa começar a desenvolver sua imunidade ativa logo após o primeiro colostro. Dessa forma, um bom acompanhamento é muito importante. Na prática, a alimentação nos dias 2 e 3 é frequentemente subestimada.

A maior diversidade em bezerras em diversas fazendas pode ser vista na primeira semana, principalmente devido às grandes diferenças na abordagem adotada após a alimentação inicial com colostro. Há alguns anos, a alimentação era limitada na primeira semana, visando evitar problemas com a diarreia. A alimentação limitada resulta em menos esterco e, assim, na impressão de menos problemas. No entanto, a consequência é que as bezerras não têm energia suficiente para a manutenção e crescimento.

Alimentação focada no crescimento

Após o colostro inicial, o sistema digestivo deve ser ativado e a bezerra deve desenvolver a sua própria imunidade. A nutrição desempenha um papel essencial nessa etapa. Uma bezerra requer o equivalente a 500 gramas de leite em pó no dia 2, o qual equivale a quatro litros de leite de transição.

Ele deve crescer para fortalecer o seu trato intestinal. O crescimento da bezerra também pode ser traduzido no desenvolvimento de todos os seus órgãos, incluindo o sistema digestivo e o sistema imunológico. Portanto, nesses primeiros dias, tudo se concentra na alimentação visando o crescimento.

Três litros de leite oferecidos duas vezes, provenientes da segunda ordenha

Uma vez que o colostro foi administrado de acordo com o protocolo, uma alimentação de acompanhamento eficaz é importante. O método mais simples é alimentar a bezerra com três litros de leite duas vezes por dia. Isso exige o leite da segunda ordenha da vaca, morno e obviamente fornecido a partir de um balde limpo.

Este leite da segunda ordenha é ainda mais rico em gorduras e proteínas do que o leite normal, e também contém imunoglobulinas. Estas imunoglobulinas, as quais não são mais absorvidas na corrente sanguínea. Em vez disso, elas combatem as bactérias nocivas no intestino e reforçam a parede intestinal, parando efetivamente as causas da diarreia. Muitos produtores de leite alimentam bezerras com diarreia com 0,5 a 1 litro adicional de colostro por dia. Trata-se de uma solução comprovada e confiável que é eficaz.

A maioria das bezerras da raça Holandesa pesa cerca de 40 kg ao nascer. Esse peso pode ser consideravelmente menor para outras raças, e o volume de leite por alimentação deve ser adaptado ao peso de nascimento inferior.

A bezerra só cresce a partir do consumo de leite na semana 1

Na primeira semana da sua vida, a bezerra precisa de leite para crescer. As fezes das bezerras alimentadas somente com leite são um pouco mais finas e mais amarelas do que quando concentrados são oferecidos. Se você oferece 3 litros duas vezes ao dia, a bezerra receberá nutrientes suficientes. As fezes frequentemente serão mais finas, mas com uma consistência uniforme. Isso não é diarreia, é algo normal para uma bezerra com poucos dias de vida.

O fornecimento de concentrado pode ser iniciado logo na primeira semana de vida do animal.
Além disso, água limpa e fresca também deverá ser fornecida na primeira semana de vida do animal.