Etapa 5:

Início sem problemas com
os substitutos de leite de bezerra

Introdução inteligente e livre de problemas do leite de bezerra

Após o colostro, o foco precisa estar no crescimento e desenvolvimento da imunidade da bezerra. A alimentação ruim nos primeiros dias pode ter consequências imediatas no desenvolvimento da bezerra até ela se tornar uma vaca leiteira produtiva. Portanto, comece com uma alta dose do substituto de leite de logo após o colostro.

O substituto de leite é introduzido após o colostro inicial ou após alguns dias

A maioria dos produtores de leite muda para o substituto de leite após 1, 2 ou 3 dias de colostro. A ocasião depende da administração do fazendeiro. Alguns produtores de leite migram diretamente para o substituto de leite após o colostro para minimizar o risco de transmissão de patógenos da vaca para a bezerra. Outros continuam alimentando o colostro nos dias 2 e 3, devido ao fato dele ser rico em nutrientes e contribuir para a saúde intestinal.

Ambos os sistemas possuem vantagens: um se concentra na limitação da transmissão de doenças, e o outro na imunidade das bezerras. A situação de saúde e outros aspectos específicos da fazenda determinam o que é melhor para criadores individuais.

Uma mistura de substituto de leite e colostro ou 100% de substituto de leite de bezerra diretamente

A abordagem de migração do colostro para o substituto de leite também varia. Enquanto alguns produtores de leite introduzem imediatamente 100% de substituto de leite, outros misturam uma ou mais porções de substitutos de leite com o colostro. Desde que o substituto de leite seja misturado na concentração correta, muito raramente essa migração é problemática.

Mantenha o volume de litros constante

É importante não aumentar o volume de alimentação no dia da mudança. Após alimentar 3 litros de colostro duas vezes por dia, inicie também com 3 litros de substituto de leite  duas vezes ao dia. Durante a primeira semana, a concentração de substituto de leite é de 150 gramas por litro. Este método de alimentação permite que a bezerra continue crescendo. O trato intestinal permanece cheio e se torna mais forte a cada dia.

Balde com bico, a melhor solução para os primeiros dias

Nos primeiros dias, é aconselhável alimentar usando um bico. O movimento de sucção e a saliva formada transportam o leite diretamente para o abomaso. O leite é digerido de forma uniforme e completa, e a bezerra vai crescer e se desenvolver com muita rapidez.

Nunca subestime a higiene!

As bezerras são extremamente sensíveis a flutuações e limpeza nos primeiros dias de suas vidas. Portanto, certifique-se de que cada alimentação com leite seja preparada na hora. Todos os equipamentos devem ser limpos após cada mamada. Prepare e forneça o leite de uma forma limpa, ordenada e consistente.

Maximize o potencial de crescimento da bezerra

Unable to watch video

Please change cookie settings to watch this video.

Change cookie settings

Uma boa alimentação certamente continua sendo importante durante todo o período até o desmame. No entanto, é particularmente importante durante a primeira semana de vida. Como um produtor de leite, você tem apenas uma chance de iniciar efetivamente o desenvolvimento da imunidade e crescimento da bezerra. Esse crescimento é essencial para o desenvolvimento imediato do sistema gastrointestinal, órgãos e tecidos do úbere. O crescimento ideal desde o primeiro dia previne doenças e o crescimento para no período até o desmame, o que lhe permite tirar o máximo proveito do potencial genético do animal em um estágio posterior.