Bezerras saudáveis​ crescem naturalmente

Nutrição, higiene e clima: a base para uma criação livre de problemas

O leite de vaca cru pode transmitir Salmonella para bezerras

O leite de vaca pode conter patógenos que causam problemas às bezerras em um estágio posterior. Afinal de contas, as bezerras jovens têm pouca resistência a doenças em suas primeiras quatro semanas. A Salmonela também é transmitida de uma maneira relativamente fácil da vaca para a bezerra.

O grupo Salmonela compreende cerca de 2000 tipos, sendo que cada um possui o seu próprio nome. As bactérias podem ser encontradas no intestino e fezes de uma ampla variedade de animais. Existem dois tipos comuns em bovinos leiteiros: Salmonella Dublin e Salmonella Typhimurium. Quase que imediatamente após a contaminação, os animais infectados descarregam bactérias nas suas fezes durante três a quatro semanas. Os sintomas incluem febre alta (41°C), diarreia, abortos e mortalidade.

As bezerras jovens são as mais suscetíveis à infecção por Salmonela

Todos os bovinos são suscetíveis à infecção por Salmonela, particularmente as bezerras jovens. A infecção geralmente ocorre inesperadamente, com uma síndrome paralela:

  • Um número de vacas doentes com febre alta e/ou abortos;
  • Um número de animais com diarreia crônica, às vezes com sangue;
  • Os sintomas são mais comumente vistos em vacas leiteiras, bovinos jovens e vacas secas. Neste último caso, bezerras fracas e/ou natimortas são o resultado.

Em alguns casos, as vacas doentes morrem.

Os sintomas da Salmonela variam muito

Os sintomas podem variar muito, de animais gravemente doentes a um aborto ocasional. O nível de gravidade de um surto provavelmente depende principalmente da resistência do rebanho afetado. As pesquisas sugerem claramente que as infecções por fasciolose e as infecções pelo vírus da diarreia viral bovina (BVD) podem reduzir seriamente a resistência à Salmonela. Quase todos os animais superam uma infecção e estão livres de contaminação após algum tempo. Os anticorpos são então eliminados do leite e do sangue no prazo de três a nove meses. No entanto, a doença limita o crescimento e freia o desenvolvimento, razão pela qual a prevenção é tão importante.

A infecção é persistente

O problema das infecções por Salmonela é que alguns animais tornam-se portadores. Esses animais não conseguem superar a doença completamente e podem continuamente, ou às vezes de forma esporádica, liberar as bactérias Salmonella nas fezes. Mesmo quando a ordenha é limpa e higiênica, nem sempre é possível evitar fezes no leite. A fábrica de laticínios pasteuriza o leite, eliminando o problema para os consumidores.

As bezerras que consomem leite são suscetíveis à Salmonela

Se as bezerras são alimentadas com leite cru, correm o risco de contrair uma infecção por Salmonela. As bezerras jovens, que bebem leite, são extremamente suscetíveis a uma infecção por Salmonela. Elas podem ficar muito doentes e até morrer se não forem tratadas rapidamente. Diarreia, infecções pulmonares e febres altas são os principais sintomas inicialmente. Portanto, se os anticorpos da Salmonela forem detectados no leite a granel, é altamente recomendável evitar o leite da vaca e passar para o substituto de leite de bezerra.

Plano de tratamento para a Salmonela

Uma vez detectada a infecção por Salmonela, um plano de tratamento deve ser elaborado em conjunto com um veterinário. Os animais contaminados devem ser colocados em quarentena, longe dos outros animais da fazenda.

Medidas:

  • Uma higiene máxima é essencial.
  • Isso inclui recipientes de descontaminação, botas e roupas separadas etc.
  • A higiene pessoal também é muito importante. Afinal de contas, a salmonela é uma infecção que pode ser transmitida para os seres humanos. Portanto, certifique-se de que o menor número possível de membros da família entre em contato com os animais infectados. Portanto, nada de crianças brincando na área de quarentena e também mantenha os cães afastados.
  • Lave bem as suas mãos após o contato com os animais.
  • Se as vacas produtoras de leite estão infectadas, então definitivamente não beba seu leite cru. Em primeiro lugar, ferva o leite completamente, o que é sempre um bom conselho de qualquer maneira.

Identificação dos portadores de Salmonela

Os portadores são encontrados em cerca de duas em três fazendas após uma infecção aguda por Salmonela. Esses são os animais que estão infectados, mas não estão doentes, embora ainda liberem bactérias nas suas fezes regularmente. Os portadores devem ser rastreados por meio de testes de matéria fecal ou exames de sangue. A melhor opção é eliminar esses animais. Eventualmente, uma fazenda pode ser declarada livre de Salmonela por meio de testes no leite a granel.